segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Mensagem de Gonçalo Amaral

Mensagem de Gonçalo Amaral

http://pjga.blogspot.pt/2015/02/mensagem-de-goncalo-amaral.html






Caros Amigos,

O processo civil intentado contra mim pelo casal McCann encontra-se na recta final, sendo já conhecida a decisão relativa à matéria de facto, a qual me parece bastante favorável. Segue-se agora o período de alegações de direito, no fim do qual ficaremos a aguardar a sentença, que perspectivo se traduz na minha tão esperada absolvição e consequente levantamento das penhoras que financeiramente tanto me têm prejudicado ao longo destes últimos cinco anos. Enfim, quero com isto dizer que apenas graças à ajuda de todos vós tenho conseguido suportar financeiramente o processo em curso, o que já não poderei dizer relativamente à minha vida pessoal cada vez mais estrangulada.

E, digo, estrangulada, porque na realidade me sinto emocionalmente e financeiramente numa crise muito séria. Tudo graças aos que me tentaram asfixiar financeiramente desejando a minha morte civil e colocar-me incapaz de reagir judicialmente. Ao fim de cinco anos (contados desde a interposição do processo civil) os pais da criança misteriosamente desaparecida a 3 de Maio de 2007 no Algarve, não conseguiram alcançar completamente os seus intentos. Estou vivo, consigo suportar financeiramente o processo civil, embora pouco mais…

Ainda a propósito da minha crise emocional, peço-lhes que compreendam que para mim, toda esta luta, não se resume à fundamental descoberta da verdade, isto na medida em que, por mais optimista que eu esteja, não consigo nunca esquecer o pedido de indemnização de 1.200.000 Euros deduzido pelo casal que, a ser, por absurdo, deferido, me destruirá completamente a todos os níveis.

A todos vós um muito obrigado.


Gonçalo Amaral




Lisboa, 2 de Fevereiro de 2015