sexta-feira, 27 de junho de 2014

novas hipóteses sobre desaparecimento.






http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=748477&tm=8&layout=122&visual=61

PJ segue novas hipóteses sobre criança madeirense desaparecida

A mãe da criança que desapareceu durante três dias na Madeira contou seis versões diferentes sobre a tentativa de venda do filho a um casal de emigrantes. Na confissão que precipitou a reviravolta no caso, Lídia Freitas disse à PJ que o bébé iria para a Venezuela, depois retificou e adiantou que seria para a África do Sul e, pelo caminho, chegou a avançar que o destino era Inglaterra. O Sexta às 9 sabe que, neste momento, a PJ já não acredita em nenhuma destas versões. Os inspetores da Madeira estão convictos que a mãe de Daniel encenou o rapto para ganhar dinheiro. Mas admitem que a finalidade possa não ter sido a venda, mas a criação de uma corrente de solidariedade que permitisse rechear uma conta bancária aberta semanas depois do desaparecimento.