quinta-feira, 8 de maio de 2014

OS TRABALHADORES DO COMÉRCIO




Ou Tás Quietinho Ou Lebas No Fucinho

Play
OS TRABALHADORES DO COMÉRCIO - OU 'TÁS QUIETINHO OU 'LEBAS NO FUCINHO'.





Já não quero mais comer
Já estou farto de ir à escola
O que eu gosto é de correr
E de andar ao chuto à bola.

Não visto mais calções
Nem bebam do que eu tenho
Não me deiam encontrões
Quando caio eu não saio.

Cala essa boca, não digas isso, isso é pecado
Olha que o Pai e o Jesus fica zangado.

Não custa nada por o sabudo a ser delicado
Já estou farto de ir à Missa e de rezar o Pai-nosso
E não gosto que me obriguem a comer do que não gosto
Só me impingem babozeiras
Só me querem magoar
E são tantas as asneiras mas eu tenho que calar.


Cala essa boca, não digas isso, isso é pecado
Olha que o Pai e o Jesus fica zangado.

Eu só pergunto mas ele fica todo atrapalhado.




http://www.tvi24.iol.pt/503/sociedade/investigacao-scotland-yard-aviso-maddie-mau-estar-buscas/1554420-4071.html



Antes da reunião, a comitiva da Scotland Yard, liderada pelo inspetor chefe Andy Redwood, esteve num café da baixa de Faro, onde já era esperada por jornalistas britânicos, num claro cenário preparado. À saída, o responsável recusou falar: «Desculpem. Hoje não fazemos comentários. Obrigado.»

A PJ pediu à Scotland Yard que parasse de divulgar informações para evitar o mediatismo e prejudicar as investigações, sob pena de não avançar com os trabalhos em Portugal.