quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Mais iguais que outros


Ao fim e ao cabo



O que veio de Inglaterra sobre o desaparecimento da menina Maddie não pode ser confundido com investigação criminal: é uma interessante produção televisiva da BBC – com o alto patrocínio do governo britânico e a inestimável colaboração da polícia de Londres – que serve como uma luva às conveniências do casal McCann.

Gerry e Kate abandonaram apressadamente o nosso país dois dias depois de terem sido constituídos arguidos. A investigação, que até aí se centrara no rapto, passou a admitir a morte acidental da criança. O casal voa para Inglaterra sob o ferrete dessa terrível suspeita.
A Polícia Metropolitana de Londres, ao insistir agora no único caminho do rapto, afasta a desconfiança que os McCann carregam desde o Algarve. Nunca um governo britânico se interessou tanto por uma criança desaparecida. Gerry e Kate contaram com solidariedade de três executivos: dois trabalhistas, um conservador. Valem mais do que tantos outros pais britânicos com filhos desaparecidos. Talvez mestre John Le Carré tenha opinião sobre este mistério.