quinta-feira, 12 de abril de 2012

Rui Pedro e Família


Justiça

Recurso da absolvição no caso Rui Pedro

12-04-2012, por Ana Isabel Fonseca




Num recurso de 138 páginas, a procuradora Elina Cardoso contesta o acórdão proferido a 22 de Fevereiro. Alega que a decisão foi baseada "em factos inventados e incongruentes" e acusa o colectivo de juízes de ter valorizado os depoimentos da 1ª equipa da PJ que investigou o caso.

Para a procuradora, testemunhos de inspectores que admitem ter mentido e desleixado a investigação não podem ser credíveis. O MP critica ainda o facto de o depoimento da prostituta Alcina Dias ter sido desvalorizado e ressalva que aquela manteve sempre a mesma versão. Os pais de Rui Pedro, representados pelo advogado Ricardo Sá Fernandes, vão recorrer na segunda-feira.