domingo, 15 de abril de 2012

A " culpa" não morre solteira.

Se alguém coloca um comentário completamente sucinto e, por isso tremendamente ambíguo, e demora a explicar-se isso é gerador de alta confusão. Confusão essa que terminou? só ao fim do dia.

A culpa não é só de uma pessoa (anon) nem só minha também. Acabou por ser quase de um grupo.

Talvez anon não tivesse a noção do embate do dito comentário. Mas devia ter esperado para ver as reacções. Chega, coloca o tal comentário sucinto e ambiguo e vai embora.

O resultado foi um dia inteiro numa situação péssima só mais ou menos minimizada pelo comentário de resposta ao princípio da noite.

Poderia eu agora escrever mais alguma coisa acerca do que se passou. ... podia,sim.



Quem escreve sucintamente afinal consegue escrever extensamente. Escrever curto , como se fosse um ritual diário e, aparecer, a um domingo, ao fim do dia...

E: O tempo que gastei a responder a esta Anon, já deu discussão em casa.
peço-lhe que retire o que colocou sobre ela do seu blog e lhe peça desculpas,.."

Bem apropriado para este grupinho:
Antonio Variacoes, 'Quando a cabeca nao tem juizo, o corpo e que paga'




Muito bom dia! 

Gosto bastante das canções e letras do A. Variações. 

Mas, estou, fiquei a pensar...... pequeno grupinho Apr 15, 2012 10:02:00 AM ?

Que pequeno grupinho? 

Pequeno juntamente com grupinho será uma referência a 3 pessoas? 

O corpo é que paga quando a cabeça não funciona? 

Também não é para a então criança de 11 anos. 

Para mim, o grupo TODO de mentirosos é bem vasto:
todos os que colaboraram com depoimentos a favor da mentira do 5A. E são imensos. É quase incontável.








Anonymous said :
Apr 15, 2012 5:28:00 PM



MC, 11:55,

Sou Anon que escreveu o post do Antonio Variacoes e nao faco parte do grupo de pessoas que passa por aqui de " raspao" ou usa o Antonio Variacoes com outros objectivos. Pelo contrario, costumo escrever muitos comentarios aqui e no Blog da Joana Morais, ao contrario de muita gente que so le ou so comenta em determinados posts. E tambem ja comentei neste post (Anon 14, 7:11 am).
So nao respondi imediatamente a reaccao de Textusa porque nao vi. Ha gente que trabalha (ao domingo)  e nao tem oportunidade de estar a tempo inteiro a acompanhar o que se vai passando na Net. Portanto o tempo que e dado para alguem reagir tem por isso uma dimensao diferente daquela pedida/ exigida por quem se sentiu ofendido, se nele equacionarmos todas as variaveis que o afectam. 
Nao tenho medo do que digo, nao sou hipocrita nem me escondo atras do "anonymous" para dizer o que penso. Mas tambem nao acho que seja o facto de aparecer com um nome ou com qualquer pseudonimo que credibiliza ou responsabiliza mais um comentador. A nao ser que exponha o seu Cartao do Cidadao. Portanto escrevo como muitos, com Anonimous, que podia ser MC ou Maria ou Joao. 
Ja respondi a Textusa, no post que ela dedicou a mim e que eu aproveito para dedicar a Antonio Variacoes e a Madeleine e assim homenagear os dois. 
Se Textusa entender publicar o meu post e se MC e os outros(as) que literalmente " me saltaram em cima" vendo no post o que eu nao disse e na musica de Variacoes o que nao esta la, entenderem que devem perder algum tempo a ler o que eu quis dizer, agradeco. 
A reaccao ao meu post e a prova de como basta o comentario de um para gerar uma avalanche de seguidores. No entanto, tenho a certeza de que ha tambem quem tenha lido e tenha percebido logo que o " grupinho" era aquele de que o Post falava e que levou uma crianca a vender mentiras usadas para promover atraves do filme a mensagem que interessava ao grupo: um raptor que seguiu o Casal e Pode planear o crime perfeito. Nao acho que seja um grupo tao vasto, como alguem defende. Um segredo carregado de mentiras nao Pode ser partilhado por muita gente ou correriam grandes riscos de nao conseguirem controla-lo. O que eles sabem e alguns segredos de muitos e, pelo sim pelo nao, usam as armas que tem( dinheiro e advogados) para intimidarem os que poderao ter visto algo ou ter conhecimento de algo. Por isso, e Tao grande o desespero em aceder as files da Pj em segredo de Justica. Sem saberem o que la esta andam numa tregua contra um monstro infinito.
Tenho muita pena que MC tenha reagido de forma quase insultuosa a minha alusao a musica de Variacoes, que mantenho, esta bem adequada ao grupinho e ao contexto do post que esta a ser discutido. Houve de facto muita falta de juizo naquelas cabecas e mais tarde ou mais cedo paga-lo-ao porque este e um crime que esta na memoria e na historia de muitos paises. Nao se apagara so porque alguem os protegeu num dado momento. Mesmo que nunca venham a ser condenados pela justica, serao sempre perseguidos pelos seus proprios remorsos e pelas perguntas/acusacoes dos gemeos que se complicarao e adensarao a medida que forem crescendo. 
Pensar que Sou eu, quem neste blog tantas vezes chama a atencao dos leitores para posts/ artigos interessantes que vao aparecendo no blog de MC. Afinal, basta a interpretacao de um para gerar uma avalanche de mal entendidos.





Ainda bem que me respondeu MC porque todos os dias passo pelo seu blog e fiquei muito triste hoje, ao ver la reproduzida a hipotetica ameaca a Textusa. Por isso reagi com emotividade num post que dirigi a Textusa e aproveito para reiterar o mesmo a si. Nunca fui BH, embora como muitos tenha ido na historia do casal ao inicio, e acreditado que mesmo sem provas, alguem podia ter levado a crianca. Rapidamente percebi que a historia estava mal contada e as duvidas adensaram-se quando vi num hotel Algarvio em Julho de 2007, uma das celebres caixas de esmolas que os pais deixavam em varios espacos algarvios, para enganarem os turistas. A Mae nao teve pernas nem disposicao para procurar a filha na noite em que ela desapareceu, mas tinha pernas para o jogging e para os peditorios. Foi depois deste episodio que fluoresceu a minha curiosidade em relacao aquele grupo. Ate ai, eles eram apenas os pais de uma crianca inglesa que o destino fez desaparecer no Algarve. Comecei a ler os jornais para tentar perceber quem eram aqueles pais e onde terminava a ficcao e comecava a realidade. Percebi que o fenomeno nao era so meu. Havia na net, forums e blogs onde outros partilhavam a mesma curiosidade, as mesmas duvidas e concluiam o mesmo. Nutri logo uma paixao pelo blog da Joana Morais e pelo site Mccannfiles. Foi no blog da Joana que comecei a interessar-me pelos posts de Textusa. Eram sempre acutilantes e muito curiosos e depois percebi que Textusa tambem tinha um Blog e do blog de Textusa, cheguei ao seu que tambem acho bastante Interessante. 
Foi esta conexao que fiz hoje, mal li o post aqui. Quantos iriam reproduzir a interpretacao de um post que nao reflecte o pensamento do autor a quem e atribuido e assim espalhar uma inverdade que passava a ser vista como facto? E fiquei triste quando entrei no seu blog e vi la em destaque, a copia da reaccao de Textusa ao meu post, que eu ja tinha achado desmesurada, mas aceitei e compreendi, no blog de Textusa. Ve-la multiplicada em outros lugares, ja e mais dificil de aceitar. 
Por isso, hoje aprendi uma grande licao que servira para me " cortar a muitos comentarios no futuro" e sob esse aspecto estarei a fazer um grande favor a "Insane" ja que muitos dos meus comentarios no passado, geraram reaccoes violentas/ insultuosas desta personagem. 
Espero que todos tenhamos aprendido um pouco com tudo o que se passou e que no final fique a amizade, o respeito e a confianca de sempre, que e isso que verdadeiramente conta e fortalece a vida das pessoas.
Por mim, encerro este episodio, mas por favor nao reproduzam o post em mais lado nenhum. Reproduzam as palavras e a musica do Variacoes porque ele merece mas nao as associem a ameacas a ninguem, nem ao grupo a quem as destinei. 

Nao e que MC ja pegou no seu post e o pos no blog dela, espalhando uma mentira baseada numa interpretacao errada do meu post sobre o Antonio Variacoes? 
Vamos ver se com a mesma precipitacao com que me julgaram, vao publicar a minha explicacao , porque estou muito longe de ser um BH dos que Passam por aqui forasteiramente e deixam comentarios com segundas intencoes ou se servem de estrategias e subterfugios para vos aborrecer ou distrair os vossos leitores. Alias, admiro imenso o vosso trabalho, a vossa coragem e frontalidade e sobretudo o caracter cuidadoso e meticuloso com que analisam todas as coisas antes de as publicarem. E por isso, que hoje fico um pouco triste e pela primeira vez, desde que sigo o vosso Blog, paira no ar uma certa decepacao e algumas duvidas que nunca considerei antes. Voces precipitaram-se no julgamento que fizeram do meu post sobre o Variacoes e poseram nele um gesto muito grave que eu nao tive e fizeram questao de desencadear uma ameaca tambem grave, que e a ameaca legal. Esta precipitacao e as reaccoes em cadeia que desencadeou com o vosso post ja a ser espalhado por outros sitios da Net a atribuirem-me coisas tao graves que eu nao fiz, nem tive intencao de fazer, e que e muito grave. 
Voces tinham sempre a possibilidade de nao publicar o meu post sobre o Variacoes e publicarem uma mensagem, como fizeram com Steel Magnolia, na qual me reconheceria porque nao deve ter havido mais comentadores a falar do Variacoes. Eu e que nao tive a oportunidade de evitar a publicacao do vosso post, porque nao tenho muito tempo disponivel para seguir sempre o blog e responder quando voces sugeriram. Nao Sou um BH e para mim o caso Maddie e apenas um assunto que sigo porque se passou no meu pais e foi e continua muito mal contado. Nao acredito nos pais, nem nos amigos, nem no nosso PGR, nem em ninguem que pactue com este grupo, por isso admiro o caracter cientifico com que este blog tem analisado o caso e bem vistas as coisas, acho que voces tem razao em quase tudo o que concluem, mas com o meu post enganaram-se. E ja estou a ver como devem estar felizes os BHs ( que nao Sao muitos e eles sabem quem Sao) ao verem o post que voces me dedicaram erroneamente. Vao saber que nao foram eles e ficar muito felizes por pensarem que nesta cruzada contra Textusa, nao estao sozinhos. Ate houve alguem que Ameacou fisicamente Textusa e esta reagiu. Sinceramente, com a frontalidade que tambem me caracteriza, e nao e por ser anon que mereco menos credibilidade, com este post, voces estao a dar forca ( com cedilha) aos BHs e a quem vow critica, e a afastar do vosso blog comentadores honestos que vow respeitam e ajudam a credibilizar o vosso trabalho. 
Eu, depois disto, vou continuar a ler-vos mas duvido que volte a comentar porque tambem tenho sentimentos e nao gostei de ver o meu post deturpado e transformado no que ele nao e, e sobretudo nao gostei de ver a acusacao que me fazem publicada noutros sitios como se essa fosse a verdade absoluta. 
Peco desculpa por mais este longo post e pelo tempo que roubei a toda a gente. Termino com um ditado que dedico a mim e a quem porventura ja tenha passado pela mesma situacao: "quem nao se sente nao e boa gente".