segunda-feira, 19 de março de 2012

tratamento VIP

Se os jornalistas Portugueses, aqui em Portugal, se portarem bem  nós daremos uma conferência de imprensa também! 
Têm é de se portar bem ! 

(Como eles sempre mandaram e mandam aqui! ) 











Chegaram como um casal normal, de férias com os três filhos. Cinco meses depois, partiram com direito a tratamento de luxo, apesar de a polícia suspeitar do seu envolvimento na morte da filha mais velha.

Os McCann fizeram as malas e “voaram” para casa, poucas horas depois de terem sido constituídos arguidos pela Polícia Judiciária de Portimão.

Mas afinal, por volta da uma da manhã, soube-se que a partida estava há muito marcada para as 9h30 de ontem, no voo 6552, com destino a Nottingham e origem no aeroporto de Faro.
Cerca das 7h15, Gerry e Kate reuniram alguns objectos pessoais, pegaram nos gémeos e arrancaram rumo ao aeroporto. Sempre com tratamento VIP: a saída da casa que ocuparam na vila da Luz foi “organizada” pela GNR, o percurso até Faro teve direito a “directos” nas televisões e a entrada no aeroporto revelou-se digna de estrelas de Hollywood.
Para escaparem à confusão e aos incómodos do check-in, os McCann, tanto o casal como a restante família que se encontrava no nosso país, entraram por uma porta lateral, com acesso directo à pista do aeroporto e seguiram para o avião da EasyJet que os levaria rumo a casa.

AGITAÇÃO NA PRAIA DA LUZ

Antes disso, na Praia da Luz, a agitação era grande. Durante toda a madrugada, esperava-se que o casal McCann abandonasse o apartamento alugado na Rua das Flores para seguir viagem ao volante da Renault Scenic em direcção ao Aeroporto de Faro. Assim que os ponteiros marcaram as 6h00, a GNR ofereceu-lhes um tratamento VIP.

O acesso à vivenda Vista do Mar foi vedado pela GNR aos jornalistas e curiosos que ali aguardavam a saída dos mais recentes arguidos do caso Maddie. Eram 06h20 e ainda faltavam três horas para embarcarem no voo 6552 da Easyjet.


Quinze minutos depois, alguns familiares dos McCann arrumaram as malas no porta-bagagens do carro alugado onde a PJ encontrou vestígios de sangue. O n.º 27 da Rua das Flores estava prestes a ser abandonado e minutos depois chegou ao local um táxi: um Audi A3 que depressa iniciou as manobras de saída. 



Às 07h05, Kate, Gerry, os assessores e familiares ocuparam as três viaturas e deixaram a aldeia de onde Maddie desapareceu no dia 3 de Maio. Seguidos pela comunicação social, chegam ao aeroporto quarenta minutos depois entrando pelo acesso VIP, usualmente utilizado por embaixadores e diplomatas. A prometida declaração não foi feita e os McCann deixaram Portugal às 09h45 sem passarem pelo check-in. 

http://mariacpois.blogspot.pt/2012/02/o-pedido-da-snr-pf.html

Segurança Social visita casal McCann Assistentes sociais avaliam caso; assessora de imprensa dispensada
A família McCann recebeu esta quinta-feira, em Rothley, a visita de representantes da Segurança Social britânica. É um procedimento considerado normal, quando um dos pais é considerado suspeito de um crime.

Quatro dias depois do regresso à vila de Rothley, os McCann receberam a visita de representantes da Segurança Social. Não será uma boa notícia para o casal, mas é um procedimento comum sempre que a mãe ou o pai de um menor são suspeitos de um crime. Cabe agora aos assistentes sociais avaliar o caso e tomar uma decisão.

http://maddiemccan.blogspot.pt/2007/09/hoje-h-vrias-noticias.html
http://www.24horasnewspaper.com/mostranews.php?id=7379

http://www.blinkx.com/watch-video/gerry-mccann-prepares-for-questioning/Y8jfLef0lZjjQAx5pnLrwA








O melhor mesmo é pregar os olhos no chão e dissimular com uma mola-narinas. É do cheiro e da consciência pesada.., certamente!!! Se fosse director de cena no Teatro - A Barraca - estes candidatos a actores chumbariam à 1ª. "Mc Cann recusam vir a Portugal para ajudar nas investigações

PAULO DUARTE

Campanha para encontrar Madeleine será relançada porque família acredita que a menina está viva.Alexandra Serôdio

O casal McCann recusa deslocar-se a Portugal de uma forma voluntária para ajudar na investigação sobre o desaparecimento da filha Madeleine. Kate e Gerry garantem que só regressarão ao Algarve se forem notificados legalmente para o fazerem, mas frisam que não querem ver o processo arrastar-se.


http://www.jn.pt/error-notfound.aspx



http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/maddie-mccann-caso-maddie-portugaldiario/979169-4071.html

http://camaradecomuns.blogs.sapo.pt/944084.html

http://saobanza.blogs.sapo.pt/10426.html


MCCANN FOGEM DOS JORNALISTAS PORTUGUESES

http://videos.sapo.pt/CZvpvNzTwPPb7PZVKETu



Tratamento VIP para os McCanns

Por J. Paulo Canelas

O casal McCann continua a receber honras de Estado, como se de membros do Governo britânico se tratassem: após a escolta para o Aeroporto do Algarve, de onde "fugiram" para a sua Inglaterra, há mais de dois anos, depois de constituídos arguidos no Algarve, na sequência das investigações da Polícia Judiciária de Faro; regressaram agora ao nosso país para "proibirem" a venda do livro do inspector Gonçalo Amaral, como se de heróis se tratassem. 

Senão vejamos: lidaram com os jornalistas no aeroporto como se fossem "estrelas" - Messi ou Kaká não fariam melhor- e, para completar o "circo", entrararam no Palácio da Justiça de Lisboa pela porta reservada aos magistrados, num tratamento VIP de que não há memória.



Seria importante que o Ministério da Justiça - ou o dos Negócios Estrangeiros, por que não? - justificasse por que motivo Kate e Gerry "têm direito" a entrar "pela porta dos fundos" daquele que é o "ex-líbris" da Justiça Portuguesa...e, no pólo oposto , casos de crianças em risco, como as célebres Esmeralda ( do sargento) ou Alexandra ( a menina russa) são tratados na Praça Pública, sem direito a entradas VIP ou qualquer outro tipo de privacidade.

in Editorial of the Magazine 'TV 7 dias', nº 1187



Escolta policial e tratamento VIP na viagem de volta a Inglaterra
por Kátia Catulo10 Setembro 2007


Saíram de casa, na Praia da Luz, sob uma chuva de flashes de máquinas fotográficas. Pouco passava das sete da manhã, quando Gerry McCann conduziu o tão falado carro alugado em direcção ao aeroporto de Faro. Sempre acompanhado por jornalistas, em carros e motos ao seu lado.
Os McCann viajaram na Easy Jet, uma companhia de low cost, mas entraram no aeroporto pelo acesso VIP. E foi na sala VIP que esperaram a hora do embarque. Deixaram o Algarve sem se cruzar sequer com um passageiro no aeroporto de Faro. Não fizeram check-in, percorreram os corredores utilizados só pelos funcionários e foram os primeiros a entrar no avião

http://vitorvalente.blogs.sapo.pt/13017.html

PORTUGAL: Kate and Gerry McCann arrive at Portugal's Faro airport where they will board a plane to return to Britain after being named as suspects in the disappearance of their four-year-old daughter Madeleine
British couple Kate and Gerry McCann, named as suspects in their four-year-old daughter Madeleine's disappearance, headed home from Portugal on Sunday (September 9). The McCanns boarded a flight in Faro, on Portugal's Algarve coast, bound for East Midlands Airport in central England.

http://www.blinkx.com/watch-video/portugal-kate-and-gerry-mccann-arrive-at-portugal-faro-airport-where-they-will-board-a-plane-to-return-to-britain-after-being-named-as-suspects-in-the-disappearance-of-their-four-year-old-daughter-madeleine/chGO7IHlHwteoPu0MYJBAA

http://www.blinkx.com/watch-video/portugal-uk-british-couple-fly-home-and-deny-involvement-in-disappearance-of-missing-daughter/bcDkjzt5S4aNhe8R84SzIw

http://www.blinkx.com/watch-video/portugal-as-british-couple-kate-and-gerry-mccann-leave-portugal-to-return-home-to-the-uk-their-spokeswoman-says-the-couple-played-no-part-in-the-disappearance-of-their-daughter-four-year-old-madeleine/JigHdEy65UGqo47d077a4g
Enviar um comentário