quinta-feira, 29 de março de 2012

Com Gonçalo Amaral

  Marcos Aragão Correia e António Pedro Dores começam hoje a ser julgados pelo Tribunal de Faro, 
















O julgamento deveria ter começado em fevereiro, mas foi adiado devido a um recurso pendente


 interposto por António Pedro Dores, professor e presidente da Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento (ACED).
Marcos Aragão Correia arrolou como testemunhas de defesa o atual bastonário da Ordem dos Advogados, António Marinho Pinto, e a a ex-diretora do Estabelecimento Prisional de Odemira, Ana Maria Calado.