segunda-feira, 12 de março de 2012

auto isolamento?

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=43801

 12 de Março, 2012
por Felícia Cabrita

A GNR de Avis e a Segurança Social tentaram esta tarde falar com Maria Perpétua Violante, uma mulher que vive enclausurada há mais de 40 anos conforme o SOL noticiou – mas a operação, ordenada pelo Ministério Público, saiu frustrada.
Um grupo liderado pelo comandante da GNR de Avis e que integrava um técnico da Segurança Social, uma psicóloga e o delegado de Saúde, tentou cumprir esta tarde a ordem do Ministério Público (MP) para ir a casa de Maria Perpétua, na aldeia de Benavila, e tentar falar com ela e com o pai, a única pessoa que com ela vive desde que se fechou em casa, aos 14 anos. Mas, como ninguém abriu a porta, nem sequer respondeu, e como o MP não lhes passara mandado de busca, o comandante da GNR deu por finda a diligência.
Conforme o SOL noticiou na última edição, Maria Perpétua, na adolescência, disse a familiares que tinha abusada. Vive como um autêntico animal, não fala com ninguém, nunca foi vista por um médico e tem óbvios sinais de demência, sendo a sua história conhecida de todos na aldeia. A ordem cumprida esta tarde pela GNR foi dada pelo MP no âmbito de um inquérito instaurado após a denúncia do caso feita pelo SOL.


http://www.tvi.iol.pt/videos/13591755


VOCÊ NA TV: FELÍCIA CABRITA COMENTA O CASO DA MULHER QUE VIVE ENCLAUSURADA

2012-03-12 14:34:10
Enviar um comentário