quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Caso Rui Pedro.

O tribunal de Lousada determinou hoje a realização, com carácter de urgência, de perícias legais para avaliar "as características psíquicas" do homem acusado do rapto de Rui Pedro, criança de Lousada que desapareceu no dia 04 de março de 1998.

A decisão do colectivo decorreu de um requerimento da defesa que alegava que o arguido apresenta "dificuldades cognitivas, de localizar as ideias e situar no espaço e no tempo".


http://www.ionline.pt/portugal/caso-rui-pedro-tribunal-ordenou-pericias-aferir-carateristicas-psiquicas-acusado-rapto
Enviar um comentário