quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Todos passaram a vida a cheirar a morte:


Ao Fim e ao Cabo
A dor dos McCann
O ‘Caso Maddie’ alimenta apaixonadas discussões entre experientes 

The URL
 http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/a-dor-dos-mccann/ has been shared X times.View these Tweets.

Por:Manuel Catarino, Jornalista

"Todos passaram a vida a cheirar a morte: carregam 30 anos na Secção de Homicídios, lidaram com centenas de assassinos, ouviram arrependidos e matadores sem pinga de arrependimento, interrogaram quem se achava com razões para matar e quem matou por coisa nenhuma.

Até conheceram quem roubou uma vida por um azar, um descuido. 

Sabem muito sobre homicídios – mas estão divididos sobre o que se passou no apartamento 5A do Ocean Club. 

Gonçalo Amaral foi afastado da investigação quando suspeitava de que Maddie morreu na casa. O processo foi arquivado e o casal McCann bate-se por uma verdade: a filha foi raptada.

Tenta encontrar rasto da menina com detectives privados e milhões de libras doados. Iniciaram agora uma petição on-line para obrigar o Ministério Público (MP) a reabrir o processo. 

Os assuntos sérios devem ser tratados com seriedade.


Esta cruzada dos McCann pela recolha das 100 mil assinaturas é um folclore lamentável. Se têm dados novos sobre o crime, devem levá-los – já! – ao MP. Caso contrário, estão a ser cúmplices de qualquer coisa." 
Enviar um comentário