terça-feira, 9 de novembro de 2010

2009-05-03

ALEXANDRA SERÔDIO, ALEXSERODIO@JN.PT



........  " Queria que o casal falasse, algo que não aconteceu durante a investigação?

Não tenho qualquer quezília com o casal. Era importante tentar perceber o que aconteceu. Não entendo por que as pessoas estão satisfeitas com o arquivamento do caso. A investigação criminal antes de chegar a meio foi interrompida abruptamente.

Continua sem dúvidas sobre o que realmente aconteceu?

Não tenho dúvidas que Madeleine morreu naquele apartamento, e que poderá ter sido uma morte acidental. Esta era a base da suspeita que tinha de ser trabalhada e investigada e que não deixaram.

Este caso marcou definitivamente os investigadores que estiveram ligados a ele?

Por que é que as pessoas ligadas ao caso Maddie estão queimadas? Haja coragem e que alguém diga porquê. As pessoas estiveram de alma e coração como profissionais. E agora vimos a nossa carreira interrompida? Então isto não é pressionar? E são pressões que afectam carreira.

Em que termos?

O dr. Luís Neves [director do combate ao banditismo da PJ] podia ser o director nacional. Terão dito ou mandado dizer que esse senhor não poderia ser porque esteve ligado ao caso Maddie. De que é que este ministério ou este Governo têm medo? Por que é que as pessoas competentes, que estiveram ligadas ao caso, que fizeram um trabalho excelente de uma forma ou de outra, dentro daquilo que foi determinado, não podem continuar a progredir na carreira e assumir cargos dirigentes?

Que comentário faz à recente presença do Gerry na praia da Luz?

Para além de uma grande falta de juízo, é quase uma provocação. Ir para um local onde se sabe que o desemprego existe, onde as dificuldades dos comerciantes têm a ver com aquela não realidade, aquela invenção que arranjaram, que é dizer que houve um rapto. Se calhar, está na hora do casal pensar naqueles que prejudicou. Há pessoas que que foram despedidas e que pensam pedir indemnizações aos McCann. Eles deviam usar o fundo para subsidiar aquela gente toda. Era interessante. Demonstrava a sua boa vontade. E não servia só para pagar outras coisas. " 
Enviar um comentário