quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Livro de Gonçalo Amaral pode voltar às bancas

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=2542



........... " «O livro é um exercício de cidadania e de liberdade de expressão. Com esta decisão da Relação, foi a democracia portuguesa que ganhou, pois a proibição de venda do livro era inconstitucional», disse Gonçalo Amaral.

O ex-inspector da PJ classificou ainda de «muito importante» a decisão da Relação para os dois processos interpostos pelos pais da menina inglesa desaparecida em 2007, no Algarve, ainda sem data marcada para início do julgamento."........

Ler mais na ligação indicada.
Enviar um comentário