terça-feira, 19 de outubro de 2010

Gonçalo Amaral

Maddie: livro de Gonçalo Amaral pode voltar a ser vendido
Ex-inspector da PJ pode voltar a dar entrevistas


Por: Redacção / CP | 19- 10- 2010 12: 40



O Tribunal da Relação anulou a proibição de venda do livro de Gonçalo Amaral «Maddie - A Verdade da Mentira», que tinha sido decidida pelo Tribunal Cível de Lisboa na sequência de uma providência cautelar interposta pelos pais de Madeleine McCann.

Fonte judicial disse esta terça-feira à agência Lusa que o recurso apresentado pelo ex-inspector da Polícia Judiciária «foi julgado procedente», pelo que o livro e o vídeo com o mesmo título, baseado num documentário exibido na TVI, podem voltar a ser comercializados.

Gonçalo Amaral, que defende no livro a tese de envolvimento de Kate e Gerry McCann no desaparecimento da filha em Maio de 2007, num apartamento turístico do Algarve, pode ainda conceder entrevistas, quer em Portugal quer no estrangeiro.

A mesma fonte precisou que o recurso do ex-inspector da PJ, apresentado pelo advogado António Cabrita, foi «o único» a ser analisado pelo Tribunal da Relação de Lisboa, que entendeu não considerar os apelos da Guerra & Paz, editora do livro, da TVI e da Valentim de Carvalho, que comercializou o vídeo.
Enviar um comentário