sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Clara F.A.fala,fala,fala e influencia quem não deve.

Anyone who thinks they are better than someone else based upon superficial factors. SNOB! 


Clara F.A. = snob...............








Repito, que País é este ? ( aliás "as palavras" da senhora andam a correr blogues e jornais.
Deve achar que tem qualidades para mudança de mentalidades. Mas eu acho que terá mais a ver com aqueles que pensam pouco.
Resultado: fascismo........ e isto é um comentário ao artigo do snr. Moreno, dum jornal algarvio e admirador de C.F.A.O resultado é o que se lê. Um snr. silva responde assim:







Este é o Pais em que meia dúzia de Sargentos e Oficiais que não eram promovidos trabalharam em conjunto com outros iguais 
fizeram uma revolução num dia 25 de um mês de Abril de um ano por esquecer,
depois libertaram os marginais que estavam presos, abriram as fronteiras aos desertores e a outros bandidos
 e eles e outros que andavam camuflados aqui por Portugal ai estão a fazerem de tudo para destruir
 este pequeno Pais que já foi grande e rico e que agora eu até tenho vergonha 
(para não dizer nojo de ter nascido neste Pais), é este o Portugal que temos.
Mas mesmo assim ainda não perdi a esperança de ver aparecer alguém que os encoste a uma parede e faça justiça, 


ENFIM








AO ATAQUE!!!!!!!!

Aí vêm eles mais uma vez.        Agora são o Nigel, o Dave e o Ray.




Meanwhile a new private investigation into Madeleine’s disappearance has begun in Portugal.


It is being run by three British former police officers: 

Nigel Brown, who was named Investigator of the Year after securing 

the rescue of a kidnapped oil company executive

Dave Carter, who worked in Northern Ireland, and 

Ray Cooper, who investigated war crimes in Bosnia and gang murders in Trinidad and Tobago.


Read more: http://www.dailymail.co.uk/news/article-1317029/Madeleine-McCann-disappearance-flat-buyer-years-on.html?ITO=1490#ixzz11BN5NFVX


http://mccannexposure.wordpress.com/2010/10/02/new-private-investigation-board-team-mccann/
Enviar um comentário