quinta-feira, 9 de setembro de 2010

A MENTIRA CONTINUA e a " mão" que embala o berço.

http://gerrymccan-abuseofpower-humanrights.blogspot.com/2010/09/evil-nhs-doctors-kate-and-gerry-mccann.html


8.9.10






"A perseguição ao ex-coordenador da polícia judiciária, Gonçalo Amaral não pára.  Isto já não é justiça, isto passou a ser um acto inquisitorial, um atentado aos direitos do homem. Lei a citação abaixo e tire suas conclusões:

Citação
"O pedido de indemnização feito pelos McCann baseia-se no conteúdo do livro ‘Maddie - A Verdade da Mentira’ (escrito por Amaral, em Julho de 2008), sobre a investigação ao desaparecimento de Maddie, filha dos McCann, na Praia da Luz (Algarve), em Maio de 2007. O casal alega que o antigo responsável pela investigação os acusa no livro de serem os responsáveis pela morte da filha e insistem na tese do rapto.

O procedimento cautelar deu entrada na 1ª Vara Cível da Comarca de Lisboa em Junho de 2009 e foi deferido. O casal McCann obteve o arresto de todos os direitos devidos ao autor do livro, metade da reforma e a "sua meação na vivenda" de campo em Olhão. Em Julho deste ano, o registo da meação em conservatória foi recusado por incidir sobre bem comum. Os McCann, pela sua advogada, solicitaram a Sofia Leal que faça uma separação de bens, como prevê a lei. Esta recusou e o tribunal acabou por consumar, em Agosto, o arresto completo. "Eu e o meu marido nunca abandonámos as nossas filhas, ou permitimos pedófilos no nosso círculo. Choca-me que um casal que se diz religioso queira destruir a nossa família", diz Sofia Leal......... "






Maybe the reason is why Uncle John McCann and Gerry’s boss decided to jump ship from the increasingly pitiable Madeleine Fund? Maybe consciences do indeed lurk in the murky, dank world of the McCann family and connexions?

Stick a middle finger up to the McCanns and read the book that Portugal banned on the behest of this reprehensible couple.




WEDNESDAY, 8 SEPTEMBER 2010


Shame on the McCanns - Spreading their own special brand of misery


Just when I thought that we were enjoying a long-term hiatus from the grotesque spectacle of Gerry McCann and his ego on show, along with pitiful Kate, making the rounds, we have been given this choice tidbit:

Gerry McCann and Kate McCann have instructed their lawyers to ‘proceed with a separation of assets in order to allow the arrest of a house in the municipality of Olhão, within the scope of a 1.2 million euros claim.

All of this is due to the McCann’s violent dislike of Goncalo’s book based on Police files in which he states the case for the child, Madeleine, having died in the apartment. An ever increasingly shifty and twitchy Gerry McCann seems to take especial umbrage to this, and this in concert with the specialist dogs, Eddie and Keela having detected blood and cadaver odour - no-one previously had died in their rented apartment.
...........

Goncalo and his wife’s Sofia’s daughters are aged twelve, and aged 6.


The McCanns want to make these two little girls homeless.

Not content with leaving and losing their daughter to a possible abductor, Gerry and Kate have no qualms about leaving homeless, two innocent children. Whatever Goncalo’s presumed motives, it is utterly beneath contempt to instruct lawyers to evict an innocent family in the name of making money (most likely to assuage poor Gerry's wounded Big-Man act, which I cannot help but see).

Enviar um comentário