quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Anote este nome: ANDRESSA THAIS HOLZ




 http://ppavesi.blogspot.com/2010/09/anote-este-nome-andressa-thais-holz.html

 Andressa é uma criança de 12 anos que desapareceu na cidade de Luzerna, Meio-Oeste de Santa Catarina. Ela voltava para casa de bicicleta quando desapareceu misteriosamente. As investigações, naturalmente, estao estagnadas. A policia se nega a pedir ajuda, e o tempo passa. A menina esta desaparecida ha 3 meses, e nao ha nenhuma pista do que pode ter acontecido com ela.

Luzerna é uma pequena cidade cuja população é de 5.500 habitantes. A cidade tem uma extensão de 116.832 Km2. Com a falta de politicas para a segurança publica, faltam policiais nas ruas para impedir que casos como este aconteçam a luz do dia. A incapacidade de obter uma linha investigadora é o que mais chama a atenção. Parece que as autoridades estão esperando que o corpo apareça, afinal, é bem mais fácil do que investigar.

Se Andressa tiver sido raptada para fins de trafico de órgãos, dificilmente terão a menina ou o corpo de volta. Se foi para a pedofilia, pior ainda. Enquanto isso, todos envolvidos na investigação estão de braços cruzados esperando que caia do céu alguma informação que ajude a localizar o corpo, já que 3 meses são suficientes para que o pior tenha acontecido.


Os jornais e tvs brasileiros fizeram plantão para divulgar o caso da menina Madeleine McCann, britânica, desaparecida em Portugal. Tambem fizeram filme sobre o assassinato de Jean Charles de Menezes. Mas as crianças que desaparecem aqui, e os jovens mortos pela PM, não merecem tanta bajulação.


Estranho? Não. Este é o Brasil. 

PM pode matar a vontade. E' só uma questão de estatísticas. Crianças desaparecidas temos aos montes. Daria para ocupar o dia inteiro da programação de uma tv, ou paginas e mais paginas dos jornais. Mas isso  incomoda políticos e autoridades. Ninguém gosta de ver o fracasso estampado. O que mais incomoda é a Policia de Londres matar um brasileiro e a menina loirinha de olhos azuis desaparecer em Portugal.

O pai já é tratado como um incomodo, e a policia diz - sem mostrar trabalho - que tem pistas. Mas que pistas são estas que a policia guarda a sete chaves? O fato é que se a policia não é capaz de encontrar qualquer indicio numa cidade de 116.000 km2, imagino a dificuldade que teriam em achar um sabonete perdido numa banheira.

Antes de cuidar do EGO, há uma criança em perigo. 
Peçam reforços! 
Chamem a policia federal! 
Façam alguma coisa!
 
 
 

Enviar um comentário