terça-feira, 6 de julho de 2010

Polícia Britânica PERSEGUE .............


Polícia britânica persegue homicida há três dias
Ontem
A polícia britânica está envolvida numa "caça ao homem" há três dias. As autoridades procuram Raoul Moat, libertado da prisão na passada quinta-feira. No sábado, atingiu a tiro a ex-namorada e matou-lhe o actual companheiro.

Raoul Moat encontra-se em fuga desde o tiroteio e são várias as forças policiais destacadas em Newcastle para capturar o homicida.

O indivíduo atingiu a tiro a ex-namorada, Samantha Stobbart, no estômago, antes de matar o seu novo companheiro. O homicida atirou ainda, passadas menos de 24 horas, num polícia desarmado.

As suspeitas apontam para que este tenha sido um crime espoletado pelo ódio à polícia. As autoridades tinham recebido cartas, atribuídas a Moat, de declarações de ódio e raiva contra as forças policiais.

Segundo o jornal "The Telegraph", Raoul Moat estava ainda convencido de que a ex-namorada mantinha uma relação com um polícia da região, informação que lhe tinha sido dada por Samantha mas que não correspondia à verdade.

Em declarações ao jornal, Samantha Stobbart afirmou que tinha feito esta afirmação ao ex-namorado “porque estava assustada. Não tinha nenhuma relação com um polícia”.

Samantha já se encontra estável e apelou ao ex-companheiro para parar com a fuga. “Se ainda me amas e ao nosso bebé, não vais continuar com isto”, disse, em declarações através da polícia.

A polícia britânica, numa conferência de Imprensa dada esta segunda-feira, apelou também a Moat que se entregue imediatamente. O indivíduo, que ainda se encontra a monte, é considerado pelas autoridades como “extremamente perigoso”.


http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1611060
Enviar um comentário