terça-feira, 8 de junho de 2010

"história": valeta, morro,vôo,"alta velocidade" ? ? ?


......... " apenas os resultados da autópsia, a realizar pelo Instituto de Medicina Legal, poderão confirmar, ou não, tal ocorrência, mantendo-se em aberto outras possibilidades da causa da morte"...............

http://www.ionline.pt/conteudo/63401-carina-ferreira-traumatismo-craniano-tera-sido-causa-morte

... " "terá perdido os sentidos com o choque e não acordou mais a tempo de pedir socorro, através dos seus dois telemóveis". As mesmas fontes, contactadas pelo Expresso, o traumatismo craniano constitui a "hipótese mais provável", mas ressalvaram que a autópsia irá melhor esclarecer as causas da morte."

........ " há duas semanas. Esta equipa localizou o corpo a partir das coordenadas de um dos seus dois telemóveis. "........

.......... " mas subsistem algumas dúvidas.

Segundo relata o jornalista da TVI no local, Miguel Cabral, a viatura galgou «um morro que não é muito pequeno e passou para o outro lado, precipitando-se numa ravina com cerca de 30 metros de altura, onde a vegetação é muito densa».

Depois de ontem as autoridades não terem permitido o acesso ao local, hoje já foi possível ir até lá para tentar perceber o que se passou. As primeiras indicações apontam para um despiste e acidente, mas só o relatório final poderá dar um veredicto.

Para o comentador da TVI Hernâni Carvalho também subsistem algumas dúvidas, desde logo «em relação ao sinal do telemóvel». «A primeira grande questão é porque não se foi ao sítio onde o telemóvel tinha dado sinal e só se foi agora», frisou, recordando que «nas primeiras 48 horas após o desaparecimento foram os familiares a procurar e não vislumbraram nenhuma marca».

Sem querer elaborar uma «teoria da conspiração», considera que há elementos «estranhos», que poderão ser deslindados pela peritagem e pela autópsia, que irá «dizer há quanto tempo a Carina morreu e do que morreu». «É preciso perceber para além da autópsia, como é que aquele carro faz aquele voo. A Carina é descrita como pessoa extremamente calma, mas é preciso que aquele carro tenha tido uma velocidade valente para fazer o voo que é descrito pelas autoridades», vincou."


http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/carina-carina-ferreira-lamego-acidente-tvi24/1168503-4071.html
Enviar um comentário