sábado, 15 de maio de 2010

Dia muito triste, o de ontem. Baltasar Garzón Real








Baltasar Garzón Real
Dia triste não só para Espanha mas para muitos Países que sempre colocaram nele a ESPERANÇA da Justiça para os crimes contra a humanidade.

....... " A notificação da suspensão chegou a Garzón quando estava a ouvir uma testemunha. Pouco depois, o juiz, que trabalhou toda a manhã como era seu hábito, deixou a Audiência Nacional com um sorriso.



Mas a recepção que o esperava à porta da instância judicial onde passou 22 anos emocionou Garzón de tal forma que não escondeu as lágrimas.



Três dezenas de funcionários reuniram-se à saída da Audiência Nacional para manifestar solidariedade com o juiz de 54 anos. A estes juntaram- -se anónimos que receberam o magistrado com gritos de: "Gar-zón, amigo, o povo está contigo!"



E até o Nobel da Literatura português, José Saramago, se solidarizou com Garzón através do seu blogue."
Enviar um comentário